Make your own free website on Tripod.com
                                   ... ASSIM DIZ O SENHOR  ...

 RETORNAR PARA A PÁGINA MATÉRIAS

  RETORNAR A PÁGINA INICIAL

Será Verdadeira uma Antiga Predição Católica Sobre o Número Total de Papas?

Tanto a Bíblia como nosso estudo demonstram que Deus permite que os demônios tenham um certo conhecimento limitado do futuro. Assim como demônios podem expulsar demônios (Mateus 12:27), da mesma forma podem falar em profecia coisas que realmente acontecem - se Deus assim permitir. A profecia de São Malaquias referente ao número e destino final de papas tem sido cumprida ao pé da letra. Os dois próximos papas também cumprirão essa profecia?

Muitos de nossos leitores desdenharão a idéia que Deus possa permitir que os demônios profetizem algo que venha realmente a acontecer. Não entendendo a complexa e multifacetada natureza de Deus, e Seus propósitos, os cristãos presumem que somente Deus pode proferir uma profecia que venha a se cumprir.

A Bíblia não somente ensina que Deus permite às hordas demoníacas conhecimento profético limitado do futuro. Por exemplo, em 1870 o líder ocultista maçom Albert Pike recebeu uma visão de seu espírito-guia que lhe disse que três guerras mundiais seriam necessárias para permitir a ascensão do Anticristo. As duas primeiras guerras aconteceram como previsto na visão demoníaca, enquanto o cenário para a Terceira Guerra Mundial está sendo cuidadosamente armado agora, nas notícias do dia a dia, seguindo as diretrizes precisas dessa profecia demoníaca - dada 135 anos atrás.

Antes de prosseguirmos, vamos examinar a verdade bíblica que Deus realmente permite às hordas demoníacas um limitado conhecimento do futuro, que elas podem então divulgar. Leia com atenção e tenha sua Bíblia à mão para conferir o que estamos dizendo.

"Quando profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, e suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado ..." (Deuteronômio 13:1-2a)

Esta Escritura prova que os demônios têm um conhecimento limitado do futuro. Algumas vezes Deus permite que eles dêem 'palavras de profecia' acertadas com o propósito de testar as pessoas e ver se elas irão atentar para as advertências de Deus. Observe que a Escritura diz que "o sinal ou prodígio, de que te houver falado" pode realmente vir a acontecer! Realmente pode! As pessoas sem discernimento nunca param para pensar que Satanás pode querer usar uma profecia cumprida para promover o engano para que as pessoas o sigam, pensando que estão seguindo a Deus!

São essas mesmas pessoas sem discernimento que também nunca param para pensar que Deus pode permitir o cumprimento dessa profecia para testar as pessoas. O restante dessa passagem revela essa contundente verdade.

"... dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los; não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma." [Deuteronômio 13:2a-3]

A vasta maioria das pessoas tem hoje uma abordagem trágica e prática para as visões e profecias cumpridas. Elas acreditam que se de alguma maneira podem sentir a visão com um dos seus cinco sentidos físicos, a visão deve ser real e deve vir de Deus; nunca param para considerar a advertência do apóstolo Paulo que Satanás e seus ministros podem aparecer como anjos de luz (2 Coríntios 11:14) com o objetivo de enganar.

Além disso, essas pessoas sem discernimento acreditam que, se uma profecia se cumpriu, essa profecia deve vir de Deus, nunca parando para considerar a advertência que Deus às vezes permite que Satanás e/ou suas hordas de demônios profiram profecias que se realizam. Por que Deus permite que isso ocorra? Como diz a passagem citada, Deus envia uma prova ao seu povo, para ver se ele vive de acordo com Seus mandamentos, ou de acordo com seus sentidos físicos. Nessa passagem, um falso profeta fez uma profecia que incluia a instrução de adorar outros deuses; como o Deus verdadeiro já instruiu os hebreus a nunca adorarem outros deuses, o cumprimento dessa profecia mentirosa instrui as pessoas a fazerem algo que Deus já disse que elas nunca façam.

Portanto, as pessoas estão sob uma prova. Elas seguem um falso profeta religioso, só porque aquilo que ele profetizou se cumpriu? Ou aderem aos mandamentos já dados por Deus e se recusam a ouvir esse falso líder religioso, ignorando o cumprimento de sua falsa profecia?

O fim dos tempos está repleto de provas desse tipo. Repetidas vezes, as Escrituras proféticas advertem o povo de Deus a se manter firme e não se deixar enganar por falsos líderes políticos ou religiosos, mesmo que mostrem grandes sinais e maravilhas. (Mateus 24:24)

Portanto, examinemos um exemplo em que uma antiga profecia católica concernente ao número e sucessão de papas aparentemente tem se cumprido. Como essa profecia foi proferida por um visionário católico em 1139, cada papa que se seguiu cumpriu na essência aquilo que foi profetizado para seu pontificado, incluindo (e especialmente) João Paulo II.

Vejamos agora essa profecia católica.

A Profecia de São Malaquias

Resumo da Notícia: "Profecia do Santo: Restam Somente Dois Papas", Rapture Ready News, 4 de abril de 2005

"Quando os cardeais de todo o mundo escolherem o sucessor de João Paulo II, eles bem podem estar escolhendo o penúltimo papa. Aquele que for escolhido depois deste para ocupar a cadeira de São Pedro, será então o ultimo papa, e após seu pontificado, Roma será destruída. Essa é a profecia de São Malaquias, um bispo irlandês que morreu em 1148; após sua morte, descobriu-se que ele tinha deixado uma relação profética de todos os futuros papas, começando com Celestino II, cujo pontificado iniciou em 1143."

"Dizem que 1139, quando estava em Roma, São Malaquias entrou em transe e recebeu uma visão na qual viu os futuros papas desde a morte de Inocêncio II até o fim dos tempos. Posteriormente, ele escreveu algumas poucas palavras sobre cada papa e entregou o manuscrito a Inocêncio II, que o depositou nos arquivos do Vaticano, ficando lá esquecido até ser descoberto em 1590 e então foi publicado. Nessa época, alguns questionaram sua autenticidade, mas desde então tem sido objeto de discussão. O manuscrito contém 112 profecias, que os estudiosos dizem que correspondem a cada um dos 110 papas e antipapas desde Inocêncio II ..."

"Malaquias incluiu uma pequena frase em latim identificando uma característica de cada papa. Os historiadores dizem que a predição de Malaquias - que relaciona somente 112 papas - tem sido extraordinariamente correta. Aqui estão os sete últimos papas conforme identificados na relação de São Malaquias:

106. Pio XII 1939-1958
Eugenio Pacelli
Pastor Angelicus
Tradução: Angélico Pastor

107. João XXIII 1958-1963
Angelo Giuseppe Roncalli
Pastor Et Natua
Tradução: Pastor e Navegante

108. Paulo VI 1963-1978
Giovanni Battista Montini
Flos Florum
Tradução: Flor das Flores

"Seu brasão de armas inclui três flores-de-lis (lírio florido)."

Esse papa foi o primeiro a carregar o satânico "crucifixo vergado", indicando para o mundo ocultista que finalmente os Illuminati tinham tomado o controle do Vaticano.

109. João Paulo I 1978-1978
Albino Luciani
De Medietate Lunae
Tradução: Da Meia-Lua

"Ele nasceu na diocese de Belluno (significa Lua Bela) e recebeu o nome de batismo de Albino Luciani (Luz Branca). Tornou-se papa em 26 de agosto de 1978, quando a lua aparecia exatamente pela metade, porque estava na fase de quarto minguante. Ele morreu no mês seguinte, logo após um eclipse lunar."

De fato, esse papa morreu precisamente 33 dias após ter assumido o papado. Persistem rumores de que ele foi morto por ocultistas dentro do Vaticano.

110. João Paulo II 1978-2005
Karol Jozef Wojtyla
De Labore Solis
Tradução: Do Trabalho do Sol

"João Paulo II. O centésimo décimo é 'Do Trabalho do Sol' (Do Eclipse Solar, ou do Trabalho do Sol) ... João Paulo II nasceu em 8 de maio de 1920, quando houve um eclipse do sol. Como o sol, ele veio do leste (Polônia). Como o sol, ele visitou países em todo o mundo."

João Paulo II (Karol Jozef Wojtyla) nasceu em 18 de maio de 1920, dia em que ocorreu um eclipse solar, e foi enterrado na sexta-feira 8 de abril de 2005, dia em que ocorreu um relativamente raro eclipse anular total. Esse papa foi o perfeito deus-sol em todos os aspectos! 

Além disso, nunca pensei que a razão para esse papa visitar tantos países em todo o mundo, como nenhum de seus predecessores, foi porque estava desempenhando seu papel "Do Trabalho do Sol"! Nem que a razão dos cardeais escolherem um cardeal polonês para papa foi por esse país ser considerado "do leste"!

111. O próximo papa
Gloria Olivae
Tradução: A Glória da Oliveira

"O significado da oliveira não é claro. A Ordem de São Bento - não São Malaquias - tem reivindicado que esse papa virá de suas fileiras e São Bento mesmo profetizou que no fim dos tempos sua Ordem, conhecida como os Oliveiros, lideraria triunfalmente a Igreja Católica em sua luta final contra o mal."

112. O último papa!
Petrus Romanus
Tradução: Pedro, o Romano

Observe quão exata foi essa profecia de 1148 concernente ao papa João Paulo II!  João Paulo II foi o perfeito deus-sol católico romano! Mesmo que cada pontífice siga a tradição zoroatrista do deus-sol, João Paulo II foi o perfeito deus-sol, como mencionamos anteriormente.

Portanto, é coerente pensar que o último papa possa ser um romano, um italiano, cujas raízes estejam na Roma Imperial. Aliás, já que a igreja católica romana sempre afirmou falsamente que o apóstolo Pedro foi seu primeiro papa, parece lógico que tenham planejado que seu último papa seja "Pedro, o Romano"! Veja a explicação apresentada na matéria referida anteriormente:

"São Malaquias escreveu sobre o ultimo papa: 'Em extrema perseguição, o trono da Santa Igreja Romana será ocupado por Pedro, o Romano, que alimentará as ovelhas em meio a muitas tribulações, no fim dos quais a cidade das sete colinas será destruída e o formidável Juiz julgará o povo. Fim." [Ibidem ]

Essa profecia católica não se parece com a seguinte genuína Escritura profética?

"E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta; e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo ... E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra." [Apocalipse 17:16,18]

Que 'grande cidade' está sendo referida aqui? É dito em outra parte de Apocalipse:

"As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada." [Apocalipse 17:9]

Os estudiosos da Bíblia identificaram essa prostituta como uma igreja, e como esses versos se referem a uma "mulher" que é tão importante na religião, os eruditos identificaram a igreja sobre a qual ela está assentada como a Igreja Católica Romana. Tanto na profecia de São Malaquias como em Apocalipse 17:9, é usada a mesma palavra para se referir a cidade das sete colinas.

Portanto, você pode ver que a profecia do sacerdote católico São Malaquias é coerente com a profecia bíblica, devendo portanto se realizar. Como afirmamos anteriormente, Deus permite às hordas demoníacas um limitado conhecimento do futuro. Ele lhes dá a capacidade de profetizar e então permite o cumprimento dessas profecias, contanto que essas profecias pagãs estejam de acordo com a profecia bíblica maior.

Assim, SE a profecia de São Malaquias concernente ao próximo papa se realizar, lembre-se desses fatos, e não se una às massas sem discernimento, que irão reagir à profecia cumprida dando-lhe o selo de validação.

Conclusão

Se a profecia de São Malaquias se cumprir com este próximo papa e com o último, será se isso significa que o mundo ainda tem décadas antes que o último papa  tome seu lugar no centro do cenário? Pode ser o caso, mas eu duvido. Mesmo tendo João Paulo II servido por longos 26 anos, não foi assim com todos os papas na história.

João Paulo I, que sucedeu a Paulo VI, serviu somente 33 dias antes de morrer sob circunstâncias misteriosas. Pouco tempo depois, em um novo conclave, o Colégio de Cardeais elegeu João Paulo II. Outros papas na história de igreja católica também serviram por curtos períodos. Nessa relação de São Malaquias, por exemplo, João XXIII serviu de 1958 a 1963, somente cinco anos. Por isso, o fato de restarem ainda dois papas não significa necessariamente que existam décadas pela frente até  que Jesus Volte.

Naturalmente, a profecia de São Malaquias pode não se cumprir desta vez. Devemos esperar para ver. No entanto, uma coisa é certa, João Paulo II fez mais pelos Illuminati que qualquer outro papa na história. Ele trabalhou sistematicamente na preparação para unificar o mundo em uma religião mundial, com o papado na liderança. 

Roma ruge como o dragão babilônio pagão que é. Essa é a dupla essência do papado do catolicismo romano, que agora manobra para que o papa possa vir a ser um dia o maior lider do planeta. O papa João Paulo II interpretou um grande papel nesse cenário. Como um cardeal disse na televisão poucos dias depois da morte do papa: "João Paulo II abriu a porta para o Cristo".

RETORNAR AO INICIO DESTA PÁGINA                             RETORNAR PARA A PÁGINA MATÉRIAS                                                        RETORNAR A PÁGINA INICIAL