Make your own free website on Tripod.com
    
         ... ASSIM DIZ O SENHOR  ...

  RETORNAR PARA A PÁGINA ESTUDOS

 RETORNAR PARA A PÁGINA  INICIAL

XII – O Juízo de Deus - & Apoc. 22:12. 

        No princípio  criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. (Gên. 1:27 RA). Porém, veio a serpente e convenceu Eva dizendo: Porque Deus sabe que no dia em que dele – o fruto proibido – comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal. (Gên. 3:5). E Eva convenceu ao seu esposo, Adão... Deus, imediatamente veio perante o casal e emitiu o seu pré-julgamento: E, expulso o homem, colocou querubins ao oriente do jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida. (Gên. 3:24). O homem, com o seu livre arbítrio, escolheu pecar, transgredindo a lei de Deus – vontade. Desde então, uns escolhem seguir a Jesus e outros escolhem seguir a serpente (Apoc. 12:9). Daí a necessidade que tem Deus de fazer um julgamento de toda a humanidade... Uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno. Dan 12:2.

& II Cor. 5:10; & Rom. 14:12; & Atos 17:31; & Apoc. 14:6e7. & Atos 24:25.

Daniel, quando em visão, relatou: Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e miríades de miríades estavam diante dele; assentou-se o tribunal, e se abriram os livros. (Dan.  7:10) e, novamente no último livro da Bíblia temos: Vi um grande trono branco... Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. (Apoc. 20:11-12).

Pergunta: quanto do que tivermos feito se tornará conhecido naquele dia? & Ecl. 12:13e14. Veja o que disse Cristo a respeito de nossas palavras: Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo;  porque, pelas tuas palavras, serás justificado e, pelas tuas palavras, serás condenado. (Mat. 12:36-37). Mas, nós um dia aceitamos a Cristo! Veja aonde foi registrado o nosso nome: & Fil. 4:3. Veja agora, o destino daquele que não teve o seu nome registrado neste livro: & Apoc. 20:15.

Portanto, basta que aceitemos a Cristo e estaremos salvos para sempre? Não, o grande julgamento será justamente para aqueles que um dia conheceram a Cristo e não perseveraram nos Seus caminhos. & Êxo. 32:31-33. A este julgamento chamamos de Juízo Investigativo. & I Pedro 4:17. Caros irmãos, ao cumprir-se a profecia de Daniel 8:14 – as 2.300 tardes e manhãs (2. 300 anos proféticos cf. Eze. 4:5,7) – em 1.844, Cristo iniciou, no santuário celeste (Heb. 8:2; 9:24-28 RC) a separação do trigo do joio - & Mat. 13:28-30. & João 5:22; & Mat. 18:10; I João 2:1e2.

Mas, quais são as bases para este Julgamento? & Tiago 2:10-12. E qual será a sentença? & Mat. 25:46. Qual será o destino dos salvos? & Mat. 5:5.

Veja a sequência dos eventos: João 14:1-3; II Ped. 3:10-13; Apoc. 21:1-5; Miq. 4:8; Fil. 3:21 (I Cor. 15:51-54); Isa. 35:3-6; 65:17; Apoc. 21:3. Porém para os ímpios as conseqüências serão eternas, ou seja: seus efeitos “durarão” para sempre – Mal. 4:1-3; Sal. 37:10, 20, 36. Veja que Sodoma e Gomorra foram destruídas com o Fogo Eterno, porém não continuam a queimar até os dias de hoje, não é? - & Jud. 7 (II Ped. 2:6; I Sam. 1:22, 28). Veja também que os anjos e todos os ímpios estão “reservados” para o lago de fogo: II Ped. 2:4 – não estão a arder, agora! E o próprio Satanás será consumido por esse fogo: & Apoc. 20:10, 14; 21:4, 8 (Eze. 28:17e18).

Que devo fazer? 1 – Crer em Jesus e obedecer-Lhe (João 5:24). 2 – Temer a Deus e guardar os Seus mandamentos (Ecles. 12:31; João 14:15, 21; 15:10). 3 – Confiar nEle (Mat. 16:27; Apoc. 2:10; 3:5). 4 – Entregar a nossa causa ao nosso Advogado (I João 1:9; 2:1).  

Minha Decisão 12: ACEITO A JESUS COMO  MEU ADVOGADO. RESPEITAREI OS SEUS MANDAMENTOS!

 

                                           

                                                    RETORNAR PARA O INÍCIO DESTA PÁGINA

                                                        RETORNAR PARA A PÁGINA ESTUDOS

                                                        RETORNAR PARA A PÁGINA  INICIAL